D. Duarte “O Eloquente” – 1433-1438

Nasceu em Viseu, em 1391. Era filho mais velho de D. João I, a quem sucedeu, e de D. Filipa de Lencastre. Casou com D. Leonor de Aragão. Deram-lhe o cognome de “O Eloquente” pelo seu grande amor às letras. Era muito letrado e bondoso. Entre outras obras escreveu três livros notáveis: “Leal Conselheiro”, “Arte de bem cavalgar Toda a Sela” e “ Livro da Misericórdia”. Faleceu em Tomar, vítima da peste, em 1438. Jaz no Mosteiro da Batalha.

Em 1434, Gil Eanes passou o Cabo Bojador e desfez-se a lenda do “ Mar Tenebroso”, segundo a qual o mar, naquela zona, engolia as embarcações e os marinheiros. O Infante D. Henrique, abandonou Ceuta e retirou-se para Sagres onde fundou uma Escola Náutica. E foi aqui nesta escola que, rodeado de astrónomos, geógrafos, matemáticos, cartógrafos, técnicos de construção naval e muitas outras pessoas, organizou a primeira viagem de expansão marítima. Assim, em 1418, João Gonçalves Zarco e Tristão Vaz Teixeira, partindo com uma frota, descobriram a ilha de Porto Seguro. No ano seguinte, os mesmos, acompanhados por Bartolomeu Perestrelo, voltaram a Porto Seguro e encontraram uma outra ilha a que deram o nome de Madeira.

Por: Nuno Pereira

Deixe um comentário

Filed under Reis da 2ª Dinastia

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s